• SMART CITIES
    FÓRUM BRASIL


    Como implementar os projetos de cidades inteligentes no Brasil
    Viabilidade técnica, econômica e regulatória





O fórum

O que opacity será apresentado e discutido

Viabilidade de implementação

Cidades inteligentes no Brasil - O que é aplicável e como viabilizar a implementação.

Cidades inteligentes e suas iniciativas

O que e como são as iniciativas de Cidades Inteligentes *Smart Cities" no Mundo e no Brasil – O conceito e como implementá-lo nas cidades brasileiras - A Carta das Cidades inteligentes brasileiras.

Coleta e a interpretação de dados

Big Data & Analytics, Open Data, Internet of things, integração dos sistemas, Inovação em equipamentos e processos e TIC – A coleta e a interpretação dos dados como fator de transformação dos espaços urbanos brasileiros.




Cidades inteligentes no Brasil

Os Mecanismos para implementar os projetos de cidades inteligentes no Brasil – Viabilidade técnica, econômica e regulatória – A integração dos agentes que compõem o mercado e a decisiva contribuição do agente privado na transformação urbana – PPPs e Consórcios.

Casos brasileiros

10 Estudos de casos brasileiros – O que já foi realizado e como replicar os modelos bem sucedidos – Inédita metodologia de apresentação que potencializa o entendimento e a troca de conhecimento sobre os projetos.

Tecnologia

Como a tecnologia poderá transformar a mobilidade, os serviços públicos, a transparência, o uso de recursos naturais e os consequentes impactos para as empresas públicas, privadas e os cidadãos das cidades brasileiras.




Cenário

Cidades certamente são as maiores construções sociais da humanidade, não apenas devido a sua complexidade, mas por sua capacidade de aproximar pessoas e facilitar o encontro de interesses comuns.
Os problemas das cidades brasileiras são conhecidos, muitas vezes multidisciplinares e de solução complexa. Problemas ligados a ao atendimento de demandas relacionadas a educação, saúde, mobilidade urbana e saneamento, entre outras, podem ser listados como prioridades dos gestores públicos e foco das empresas envolvidas na formatação e gestão de soluções para os ambientes urbanos.
Diversos mecanismos legais inovadores, e sua devida condução, tem permitido cidades brasileiras a alcançarem soluções de forma rápida e eficiente.
Dessa forma este Fórum visa abordar não apenas o estágio de desenvolvimento urbano atual, como também maneiras inteligentes e criativas de solucionar suas questões mais urgentes de uma forma adaptada às variadas realidades brasileiras.
Outro fator que influenciará a vida urbana, é a consolidação do conceito de "internet das coisas". Além da cidade ser inteligente, conectada e possuir um grande fluxo de dados sobre vários de seus indicadores, muitos de nossos aparelhos de uso direto também estão passando por mudanças nesse sentido, a ponto de tornar tudo mais adaptável e apropriado.
Por fim, a melhora das cidades brasileiras representa uma grande oportunidade para o desenvolvimento do país e de sua população, além de uma demanda de negócios para uma extensa cadeia de fornecimento de produtos e serviços especializados.



O que é uma cidade inteligente










PROGRAMAÇÃO

São Paulo, 23 de Setembro de 2014

  1. 08h45 – 9h00

    ABERTURA DO SMART CITIES BRASIL FÓRUM

    Apresentação e interpretação dos resultados da I Pesquisa Valor Econômico e Hiria – Viabilidade de implementação das cidades inteligentes no Brasil .

    Objetivo: Expor os resultados e as interpretações gerais e específicas da pesquisa promovida pela Hiria e pelo Valor Econômico em junho de 2014. Dessa forma, os participantes poderão melhor entender o significado geral do termo, assim como das áreas onde sua aplicação é mais urgente e necessária. Servirá de subsídio assim como promovrá materialidade para todas as exposições discussões do dia.

    Palestrantes

    Vinnicius Vieira - CMO - Hiria
    Maria Teresa Diniz - USP Cidades

  1. 09h00 – 10h30

    CIDADES INTELIGENTES *SMART CITIES"NO MUNDO E NO BRASIL
    O CONCEITO E COMO IMPLEMENTÁ-LO NAS CIDADES BRASILEIRAS. A CARTA DAS CIDADES INTELIGENTES BRASILEIRAS.

    Objetivo: Expor, debater  e construir um planejamento estratégico que incentive a construção de ambientes urbanos inteligentes no Brasil. Entender o papel de cada um dos personagens e comparar a estruturação jurídica, viabilidade econômica e legislações de incentivo que proporcionaram o desenvolvimento do conceito em outras localidades no mundo. Será ressaltada a importância e necessidade de transcender a agenda política e planejar e implementar soluções para o longo prazo.

    Palestrantes

    Rayne Ferretti Moraes - ONU Habitat
    Janaina de Mendonça Fernandes - Pesquisadora - FGV Projetos
    Cezar Taurion - Sócio-diretor da Litteris Consulting
    Charles Schramm - Sócio - KPMG

  1. 10h30 – 11h00

    Coffee Break


  1. 11h00 – 12h00

    DADOS COMO TRANSFORMADOR DAS CIDADES
    BIG DATA & ANALYTICS, OPEN DATA, INTERNET OF THINGS, INTEGRAÇÃO DOS SISTEMAS, TIC – UM PLANO DE TRABALHO PARA TIRAR OS PROJETOS DO PAPEL.

    Objetivo: Entender como coletar e interpretar o grande volume de dados que é gerado nas cidades, a partir da operação dos sistemas urbanos atuais. Formatar um plano para integração dos diferentes sistemas e linguagens e preparar as cidades para prever demandas a partir do Big Data & Analytics. Sugerir modelos para integrar os dispositivos (internet of things) dos cidadãos e impulsionar as possibilidades para impulsionar o desenvolvimento e aplicação de tecnologias para as cidades. A interpretação e os planos dos gestores públicos e da iniciativa privada

    Palestrantes

    Alexandre Barbosa - Coordenador da pesquisa TIC Governo Eletrônico 2013 - CETIC
    Éber Gonçalves - Gerente do Projeto DataViva - Escritório de Prioridades Estratégias do Governo de Minas Gerais
    Roberto Cláudio - Prefeito - Fortaleza - CE

  1. 12h00 – 13h00

    MECANISMOS PARA IMPLEMENTAR OS PROJETOS DE CIDADES INTELIGENTES NO BRASIL - VIABILIDADE TÉCNICA, ECONÔMICA E REGULATÓRIA

    Objetivo: Expor, debater e entender os mecanismos financeiros e regulatórios que permitirão que os projetos de cidades inteligentes transformem-se em realidade. As parcerias público-privadas são uma das alternativas para colocar em prática os projetos de transformação urbana. Analisaremos casos já aplicados e entenderemos como replicá-los. Efetuaremos um estudo em relação as possibilidades de modelos de concessão para sistemas urbanos já existentes e avaliação dos benefícios e etapas que envolvem a importante decisão pelo modelo a ser escolhido. Ao final do painel, é preciso entender o volume de recursos necessários e o apetite da iniciativa privada em dividir os riscos inerentes do projetos, alem de identificação de modelos viáveis de remuneração pelo ente privado.

    Palestrante

    Bruno Pereira - Sócio - Radar PPP
    Marco Contardi - Coordenador de projetos - FGV Projetos e membro do núcleo de Smart Cities da FGV Projetos

  1. 13h00 – 14h00

    Almoço


  1. 14h00 – 14h30

    A transformação que a tecnologia causará na gestão pública - Uma perspectiva.

    Palestrante

    Patricia Ellen - Sócia - McKinsey & Company

  1. 14h30 – 17h00

    ESTUDOS DE CASOS BRASILEIROS
    O QUE JÁ FOI REALIZADO E COMO REPLICAR OS MODELOS BEM SUCEDIDOS.

    Objetivo: A partir de uma metodologia inovadora, executivos e gestores públicos responsáveis por projetos implementados no Brasil, poderão, de forma efetiva e verdadeira, dividir experiência e impressões sobre a modelagem e resultados de projetos de cidades inteligentes no Brasil. Os gestores públicos poderão visualizar como replicar os projetos e os fornecedores de soluções poderão avaliar como os projetos bem sucedidos foram implementados.

    Palestrantes

    Paulo Miranda - Secretário Municipal da Informação e Tecnologia da Prefeitura de Curitiba
    Agliberto Chagas - Presidente da Inova Sorocaba - SP
    Dilnei Silva Bittencourt - Diretor de Projetos - Pedra Branca - SC
    Mariana Savedra Pfitzner - Diretora de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura Municipal de Campinas
    Pedro Junqueira - Chefe Executivo de Operações - Centro de Operações da Cidade do Rio de Janeiro
    Mario Bracco - Médico e Coordenador de Pesquisa - IIEP Albert Einstein e Hospital Municipal Dr. Moysés Deutsch - M'Boi Mirim
    Richele Cabral Gonçalves Diretora - Fetranspor




ESTUDOS DE CASOS

Estrutura dos estudos de caso Hiria – Fórum Cidades Inteligentes

Este fórum tem o objetivo de oferecer aos participantes, uma experiência inédita em análise de estudos de casos. Todos os painelistas, que Irão apresentar os estudos de casos, foram orientados a coletar e organizar as informações conforme o modelo abaixo, acreditamos que com esta metodologia, exponênciam-se as possibilidades da compreensão do objeto de estudo e conseqüentemente, da aplicação dos projetos, em outras localidades.


O que é o projeto

Nome do projeto;
Responsável pelo caso (empresa ou autarquia);
Custo do projeto;
Localidade e população influenciada pela solução;
Benefícios para a localidade e população;
Porque foi desenvolvido e aplicado;
Como pode ser replicado;
Como foi realizada a viabilidade econômica (modelagem) e técnica do projeto;
Principais aprendizados.

Áreas dos projetos que serão apresentados:

1. Saúde

Hoje é possível implantar tecnologias e processos como os diagnósticos remotos e os registros de prontuários todos baseados na internet. Outro uso possível é a gestão de agendamento de intervenções com o uso de sistemas inteligentes, além da capacidade de prever demandas como consequência de padrões nas ocorrências gerais.

2. Educação

Assim como saúde, a educação já possui modelos de gerenciamento inteligentes com o uso da internet. Com estes processos e tecnologias o desenvolvimento dos alunos pode ser potencializado, aumentando a qualidade de vida e acesso a informação através da internet.

3. Mobilidade Urbana

A mobilidade urbana é um item fundamental em sistemas urbanos. Os deslocamentos podem significar uma grande ameaça a competitividade e aos índices de bem estar e performance sustentabilidade das cidades (sistemas inteligentes são mais sustentáveis, pois usam os recursos de forma mais eficaz). Será possível apresentar projetos de mobilidade urbana de baixo impacto de carbono e de implementação rápida, como os Bus Rapid Transit (BRT), que tem um custo e tempo de  construção e manutenção inferior aos transportes sobre trilhos.

4. Energia

As tecnologias de smart grid apresenta-se como uma revolução para o setor elétrico. Diante de sistemas ineficientes e estressados (operando no limite), qualquer ganho de performance deve ser considerada. A questão da iluminação pública aumenta significativamente a percepção de segurança, além de aumentar a eficiência e proporcionar o desenvolvimento de uma nova indústria que fornecerá produtos e serviços para o setor elétrico.

5. Sustentabilidade – Água, Resíduos e Ar

Devemos nos atentar para sistemas inteligentes que se prestem para diminuir o impacto humano ao meio ambiente. Gestão descentralizada de resíduos sólidos, monitoramento da qualidade do ar e da água assim como políticas efetivas que diminuam sua poluição, são de fundamental importância para ampliar a qualidade de vida geral de uma população inteira

6. Segurança

Sistemas de mapeamento de ocorrências podem resultar em melhorias nos índices de seguranças nas cidades. Câmeras interligadas com centrais de monitoramento proporcionam maior controle sobre todos os acontecimentos urbanos e ajudam a diminuir a violência.

7. IP

Outra área de administração urbana digna de atenção é a iluminação pública. Gastos públicos com energia e segurança da população são apenas dois dos diversos pontos com os quais a iluminação pública tem impacto direto. Sistemas inteligentes, que se utilizem de lâmpadas LED, redes de comunicação com uma central de operações e a instalação de dimmers nas ruas, são exemplos de como uma cidade pode abordar o tema e buscar ganhos mensuráveis.

8. Transparência e E-Gov

O uso de tecnologias em sistemas de atendimento ao cidadão são impulsionadores da percepção de cidadania, exemplos pelo mundo facilitam o atendimento a população, assim como impulsionam o diálogo com a população geral. De maneira análoga é importante frisar o papel central que a abertura de dados e a plena comunicação com a população tem na efetivação da gestão pública.

9. Planejamento e desenho urbano

O planejamento urbano é impulsionador da competitividade das cidades. Regulamentos e medidas de incentivo podem distribuirá população de forma organizada como modo de potencializar o uso e construção da infraestrutura urbana. Mecanismos como as Operações Urbanas Consorciadas podem ser implementadas como forma de desenvolver e reorganizar regiões dentro das cidades.

10. Centros de controle integrados – O controle dos sistemas urbanos

Conforme exposto ao longo do evento como um todo o ponto central das administração inteligente de cidades de maneira inovadora passa obrigatoriamente pela coleta e análise constante de dados sobre o funcionamento urbano. Dados sobre o transito, pesquisas origem-destino, educação, saúde, consumos de água e energia, são de central importância para a devida previsão de demandas e para se desenhar políticas que respondam concretamente as necessidades públicas. Dessa forma centros de operação, como o do Rio de Janeiro, são iniciativas importantes para se processar esses dados afim de aplica-los na cidade.





Palestrantes

Confirmados

Agliberto Chagas

Presidente da Inova Sorocaba - SP

Alexandre Barbosa

Coordenador da pesquisa TIC Governo Eletrônico 2013 - CETIC

Bruno Pereira

Sócio - Radar PPP

Cezar Taurion

Sócio-diretor da Litteris Consulting.

Dilnei Silva Bittencourt

Diretor de Projetos
Pedra Branca - SC

Éber Gonçalves

Gerente do Projeto DataViva - Escritório de Prioridades Estratégias do Governo de Minas Gerais

Janaina de Mendonça Fernandes

Pesquisadora - FGV Projetos

Marco Contardi

Coordenador de projetos - FGV Projetos e membro do núcleo de Smart Cities da FGV Projetos

Maria Teresa Diniz

USP Cidades

Mariana Savedra Pfitzner

Diretora de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura Municipal de Campinas

Mario Bracco

Médico e Coordenador de Pesquisa - IIEP Albert Einstein e Hospital Municipal Dr. Moysés Deutsch - M'Boi Mirim

Patricia Ellen

Sócia - McKinsey & Company

Pedro Junqueira

Chefe Executivo de Operações - Centro de Operações da Cidade do Rio de Janeiro

Rayne Ferretti Moraes

ONU Habitat

Richele Cabral Gonçalves

Diretora - Fetranspor

Roberto Cláudio Rodrigues Bezerra

Prefeito - Fortaleza - CE

Vinnicius Vieira

CMO - Hiria





Público



GESTORES PÚBLICOS
EXECUTIVO E LEGISLATIVO


  • Gestores públicos estaduais
  • Gestores públicos municipais
  • Gestores das cidades digitais
  • Secretário de infraestrutura e tecnologia
  • Secretarias de Meio Ambiente
  • Empresas públicas de planejamento urbano
  • Secretários de segurança pública e envolvidos com smart security

OPERADORES DE
SERVIÇOS PÚBLICOS


  • Empresas e Companhias de Saneamento Estaduais, Municipais e Privadas
  • Empresas de geração, transmissão, distribuição e comercialização de energia
  • Empresas de telecomunicação e informação
  • Empresas de transporte público
  • Planejadores de mobilidade urbana
  • Empresas responsáveis pela iluminação públicas.

FORNECEDORES DE
SOLUÇÕES, TECNOLOGIAS


  • Fornecedores de equipamentos e soluções de tecnologias verdes para cidades
  • Equipamentos e processos para gestão de ambientes urbanos
  • Assessoramento na formatação de planos de gestão urbana
  • Formatação de critérios e simulações para emprego de tecnologias ideais para demandas existentes e projetadas

FINANCIADORES E
ASSESSORAMENTO


  • Organismos internacionais de fomento
  • Bancos financiadores
  • Fundos de investimentos
  • Escritórios de advocacia
  • Consultorias

REAL ESTATE
     


  • Real State e Arquitetura
  • Arquitetos e planejadores urbanos
  • Investidores em Real State
  • Construtoras, incoporadoras e empreiteiras que constroem os empreendiementos

CONSTRUTORES E
PLANEJADORES URBANOS


  • Empresas de consultoria de planejamento urbano e escritórios de arquitetura
  • Empresas públicas de planejamento urbano
  • Universidades e centros de pesquisa em cidades




PATROCÍNIO


As conferências e reuniões setoriais configuram-se como uma excelente oportunidade para que os profissionais possam se atualizar, ampliar a sua rede de contatos e fazer novos negócios com executivos e fornecedores de soluções. Por este motivo os encontros promovidos pela Hiria apresentam-se como uma eficiente ferramenta de relacionamento e exposição para os patrocinadores.
Oferecemos um conjunto de ações pensadas para que os patrocinadores obtenham o máximo de resultados, além de pacotes de patrocínio e exposição personalizados.
Entre os benefícios em patrocinar os eventos da Hiria, as empresas otimizam o seu trabalho de prospecção, pois encontrarão seu publico alvo de forma concentrada, no mesmo ambiente, gerando ganho de escala e menor custo de oportunidade.


RELACIONAMENTO COMERCIAL

Com ações executadas previamente, durante e após o evento têm a função de permitir que a empresa patrocinadora estabeleça contato direto com potenciais prospects. As ações envolvem convites para participação no encontro (a empresa patrocinadora escolhe um numero pré-estabelecido de prospects que gostaria de encontrar e a Hiria promove o encontro dos interesses durante o evento).
Através dessa modalidade de patrocinio, a Hiria poderá formatar e gerenciar almoços dirigidos, em que o patrocinador tem a oportunidade de sentar-se ao lado de contatos que fazem parte de sua estratégia de prospecção de mercado.

DEMONSTRAÇÃO DE SOLUÇÕES

As empresas patrocinadoras possuem a oportunidade de demonstrar soluções durante os painéis que compõem as conferencias da Hiria e nas áreas de exposição. Ao interagir desta forma, os participantes tomarão conhecimento de seu expertise no setor, o que pode acelerar a aproximação nas sessões de relacionamento do próprio evento.
Um dos benefícios desta opção de patrocínio é de poder utilizar uma área de exposição nas áreas de relacionamento da conferência, além de colocar em contato os colaboradores da empresa patrocinadora com os contatos que compõem os mercados-alvo.

MARCA

A plataforma de divulgação "Marca" formatada pela Hiria possui eficientes ações para fixar a marca do patrocinador entre os participantes da conferência. Entre as opções, consideramos a impressão da logomarca em todos os matérias da conferência, na pasta ou sacola que serão distribuídas a todos os participantes, capas de cadeira e mais de 40 outras opções que podem compor pacotes personalizados para potencializar a exposição do patrocinador.
Algumas das Ações contidas na opção "Marca" podem compor os outros pacotes de patrocínio descritos acima, formando uma conjunção de esforços gerenciados pela Hiria.

APROXIMAÇÃO ESTRATÉGICA DE PROSPECTS

Neste conjunto de ações, as empresas patrocinadoras e expositoras podem convidar contatos-chave para participar das conferências da Hiria, além de poder utilizar as salas de reuniões privativas que estão reservadas ao lado da sala de conferência. A empresa patrocinadora poderá também indicar contatos para que recebam descontos especiais.





ORGANIZAÇÃO


Valor Econômico

Fruto de parceria entre os maiores grupos de comunicação do país, as Organizações Globo e a Folha de S.Paulo, o Valor Econômico é o maior jornal de economia, finanças e negócios do Brasil. No mercado desde 2000, o Valor conquistou a credibilidade e confiança dos principais executivos e formadores de opinião do país, tornando-se referência entre um grupo de leitores altamente qualificado.

Produzidas por uma equipe de jornalistas altamente especializada, as informações publicadas pelo Valor Econômico ajudam a identificar oportunidades e apoiam decisões que levam a grandes negócios. São cinco cadernos diários com notícias, artigos e análises sobre os temas que pautam os principais movimentos do mercado. Além disso, o Valor publica mais de 30 revistas, cinco anuários e 70 suplementos especiais que analisam, com profundidade, setores e cenários econômicos do Brasil e do mundo.

O conteúdo do Valor também está disponível nas plataformas digitais em versões para PC, iPad, Android, mobile, iPhone e Blackberry. Na Internet, o Portal Valor é considerado o mais completo endereço online com conteúdo especializado em economia, negócios, investimentos e finanças. Além das principais notícias e análises do mercado, também oferece ferramentas, simuladores, cotações e blogs com a opinião independente de especialistas do mercado.


Hiria

Por meio de conteúdos informativos na forma de conferências, a Hiria proporciona um ambiente ideal para a entrega e transferência de conceitos sobre a construção e a gestão da infraestrutura no Brasil e na América Latina. Potencializamos as oportunidades de encontros de negócios entre as lideranças da iniciativa privada, poder público e do meio acadêmico, para a formatação e execução de decisões eficientes e sustentáveis. Nossa missão é criar e multiplicar um acervo de conhecimento para soluções em cidades, energia, água e resíduos, na direção da construção de um amanhã mais inteligente.





Apoiadores






Participe

Entre em contato e solicite mais informações

Valor para inscrição: R$ 790,00

Entre em contato com Juliana Lima pelo telefone 11 5093-7847 ou envie um e-mail para jlima@hiria.com.br

Local: Hotel Blue Tree Faria Lima
Endereço: Avenida Brigadeiro Faria Lima, 3989 - Itaim Bibi, São Paulo - SP, 04538-133

O valor do investimento inclui:
Acesso a sala da conferência
Materiais disponibilizados pelos palestrantes-especialistas
Serviços de alimentação do evento (almoços e cafés)
Certificado de participação
Relatório pós evento com as conclusões dos assuntos apresentados e discutidos


O pagamento pode ser feito por deposito ou boleto bancário.
Trabalhamos com nota de empenho. Consulte-nos.


POLÍTICA DE CANCELAMENTO DE INSCRIÇÃO E SUBSTITUIÇÃO DE PARTICIPANTE

1. Substituição de Participante:
A qualquer tempo, poderá ser solicitada a substituição do participante, sem que referida substituição implique na cobrança de qualquer acréscimo ou taxa.
2. Cancelamento de inscrição:
Considerando que a programação dos eventos implica na assunção, pela Hiria, de obrigações e custos perante terceiros, não serão reembolsados os valores pagos a título de inscrição, fazendo jus o participante, entretanto, ao respectivo crédito, na forma a seguir definida:
2.1 Na hipótese de cancelamento solicitado até 7 (sete) dias anteriores ao evento – será concedido o crédito correspondente a 100% (cem por cento) do valor pago, a ser utilizado em qualquer evento da Hiria pelo período de 1 (um) ano, a contar da data do cancelamento;
2.2 Na hipótese de a solicitação de cancelamento ocorrer em período menor que 7 (sete) dias do início do evento, o crédito corresponderá a 70% (setenta por cento) do valor pago, a ser utilizado em qualquer evento da Hiria pelo período de 1 (um) ano, a contar da data do cancelamento;
3. Alteração da data do evento:
Caso o evento não possa ser realizado na data designada, por motivo de força maior, nos termos definidos na legislação civil, este deverá ser reagendado, ficando assegurado ao participante:
3.1 Caso não lhe seja possível participar do evento na nova data designada, receber o respectivo crédito, para participação em quaisquer eventos futuros da Hiria pelo período de 1 (um) ano.
4. Cancelamento do evento pela Hiria:
Caso o evento seja cancelado, por inciativa da Hiria e sem motivo de força maior, será devolvido o valor de inscrição, no prazo de 15 (quinze) dias do cancelamento ou, à opção do participante, será este valor transformado em crédito, a ser utilizado em qualquer evento da Hiria pelo período de 1 (um) ano, a contar da data do cancelamento.
5. Direito de alteração de temas e palestrantes
A Hiria se reserva no direito de alterar tópicos da programação e palestrantes divulgados, caso estes, em momento posterior à confirmação anteriormente divulgada, estiverem impossibilitados de participar do evento.
Nestas circunstâncias, as substituições obedecerão o mesmo critério adotado na escolha do palestrante inicialmente previsto, não cabendo aos participantes qualquer direito a cancelamento de sua participação e/ou pedido de indenização.


A Hiria não se responsabiliza por furtos ou roubos de bens dos participantes ocorridos durante os eventos na dependência dos mesmos, sugerimos que tomem medidas para evitar estas ocorrências.